Seguidores

22 junho 2010

Fernanda - Diário de Fernanda

Uma menina, Que pensou ser adulta o suficiente para içar grandes vôos. Levou um tombo feio. Hoje não vive de suposições, mas do que toca. Grita o que seus dedos ditam. Seu nome próprio? Fernanda. Nome sem muita graça mais verdadeiro e seu. Visivelmente intensa... Ama olhar o céu, hábito antigo. Tem uma cachorra chamada Lindinha e outro chamado Tigrão. Gosta de ler Clarice, Carlos Drummond, Lia Luft, Brian Kolodlejchuk, Caio Fernando, entre outros... Ama escrever. Engole algumas palavras, mais isso pouco importa pra ela. Embora diga: Crianças, não procurem imitar. Rss... Quer apenas ser o que é. Um lugarzinho que caiba seus instantes com simplicidade. Não sabe fazer poesia, mas escreve o que dói por dentro. E isso... Sabe de cor... Mágoas não lhe motivam por isso não as tem. Mandou o mar levar, todas as coisas que não valiam apenas. Quase foi junto rsss... Carrega uma grande saudade. Mas aprendeu disfarçar pro coração ser forte. Ainda gosta de um cafezinho. E tem um violão. Mania de olhar nos olhos e de piscar pras estrelas . Ama o barulho da chuva e quando crescer deseja ser poeta de uma história de vida. O resto fica nas entrelinhas... * (Autoria: Fernanda) *PS: O diário hoje é uma meta a seguir, e é aqui onde porei todos os meus momentos. Agradeço aqueles que vem e deixam um carinho, é muito bom sentir. Obrigada!* Aqueles que entram só por curiosidade, fiquem a vontade a casa também é sua. Porque o meu coração é uma entrega, meus dedos um tradutor de emoções e eu apenas uma defensora do AMOR.

Blog: Diário de Fernanda

Nenhum comentário: